• dsc9400
  • apresentacao
  • palesra
  • agosto_lilas
  • sampri
03.09.2018 - 08h43

CREAS registra denúncias durante Campanha Agosto Lilás

O CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), por meio da Secretaria de Assistência Social em parceria com a Prefeitura Municipal de Bodoquena, encerrou, na última sexta-feira (31), a campanha Agosto Lilás. Com o tema “Maria da Penha vai a todos os lugares”, o último dia de evento contou com palestra, apresentação teatral e show com o Grupo Sampri.

 

Durante os 15 dias de campanha foram desenvolvidas ações diversas para conscientizar a população sobre os tipos de violência doméstica, os direitos das mulheres e, sobretudo, as implicações jurídicas. A agenda de eventos foi aberta com uma roda de conversa com a defensora pública da comarca de Miranda e Bodoquena Maria Clara de Morais Porfírio. Além da explanação de abertura, a programação contou com palestras no Centro de Convivência do Idoso, Centro de Educação Infantil de Bodoquena, CREAS, escolas municipais e estaduais, ESF (Estratégia de Saúde da Família) Urbano e Rural, no Parque Bodoquenense de Uso Múltiplo (PABUM) e o encerramento na Feira do Produtor.

 

Criada em celebração ao mês de aniversário da lei Maria da Pena, instituída em agosto de 2006, a campanha Agosto Lilás tem o intuito de conscientizar a população sobre os tipos de violência doméstica, os direitos da mulher em situação de violência e as medidas repressivas contra o agressor. O Brasil ocupa hoje o 5º lugar no mundo no ranking de violência doméstica e, segundo dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), tramitam no Judiciário cerca de 900 mil processos sobre o tema, sendo 10 mil deles sobre casos de feminicídio (crime de morte envolvendo uma mulher pelo fato de ser mulher).

 

De acordo com o CREAS, cerca de 400 pessoas participaram dos 15 eventos realizados durante a campanha, tendo recebido, aproximadamente, 50 denúncias durante as ações. As mulheres que fizeram queixa já estão sendo assistidas pela secretaria de Assistência Social e as famílias estão recebendo acompanhamento.